Artista Eduardo Kobra vende obra para ajudar o Brasil durante a pandemia

Foto: Alan Teixeira.

Há seis meses, o artista Eduardo Kobra pintou uma linda obra onde uma criança fazia uma oração em memória aos primeiros 100 mil brasileiros mortos pela Covid-19. Este foi um dos primeiros trabalhos a expressar força, diante da chegada da pandemia ao Brasil.

Foto: reprodução/instagram.

Nesta semana, com 230 mil mortes causadas pelo vírus e com a situação crítica no Amazonas, o artista pintou sua mais recente obra, sob um cilindro. Com a venda, o objetivo é usar todo o valor da obra para ajudar o Estado. ‘’Neste momento difícil em que falta oxigênio em alguns hospitais brasileiros, quero agradecer aos voluntários da União BR e ao Grupo VG pela aquisição desta minha obra ‘’Respirar’’, feita a partir de um cilindro inativado’’, destacou Kobra em suas redes sociais.

Foto: Alan Teixeira.

O valor da obra, adquirida por R$ 700 mil, será utilizado para construir duas usinas de produção de oxigênio hospitalar, equivalente a 1.400 metros cúbicos mensais. Fazendo alusão ao direito de respirar, a obra possui uma planta viva dentro de um cilindro de oxigênio, representando a importância que o ar, neste momento tem, ao ser comparado à vida.

O artista, além de passar o sentimento do atual estado da pandemia, confirma que a obra também é um alerta às questões ambientais da Amazônia.  

O ARTISTA

Foto: reprodução instagram

Eduardo Kobra nasceu em 1975 e começou sua carreira como Street Art,  vindo a tornar-se algum tempo depois Muralista, com obras em grandes dimensões nos prédios de São Paulo e por todo Brasil. Nos anos 90, realizou o sonho de ter seu próprio estúdio para aprofundar-se nos seus novos experimentos e compor sua equipe com doze artistas brasileiros.

Com o avanço das redes sociais, suas obras foram ganhando espaços na internet e logo o artista passou a conquistar o mundo, produzindo suas obras com grande frequência em países como a Inglaterra, França, Estados Unidos, Rússia, Grécia, Itália, Suécia e Polônia. Todo esse reconhecimento rendeu um prêmio no Sarasota Chalk Festival, o maior evento de arte 3D do mundo, entre outros prêmios.

Além das inúmeras fotografias de suas obras espalhadas nas redes sociais, o artista continua participando ativamente de grandes exposições em diversas galerias do mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: